domingo, 16 de agosto de 2015

MEDITAÇÕES DIÁRIAS

MEDITAÇÕES DIÁRIAS de 16 a 31 DE AGOSTO DE 2015

16 de Agosto
         Se você teve uma formação caótica, quando adulta encontrará maiores dificuldades num encontro, por mais excitante e estimulante que seja.
17 de Agosto
         Enquanto nossa atenção estiver voltada para o relacionamento com outra pessoa, prejudicando o desenvolvimento de uma relação com nosso eu mais profundo, a intimidade não aumentará.
18 de Agosto
         Devemos aceitar e amar nosso ser interior antes de tolerarmos que outra pessoa se aproxime o bastante para nos conhecer e nos amar.
19 de Agosto
         Ninguém pisa em nós se já não estivermos no chão.
20 de Agosto
         Se uma pessoa trocar de posição, toda a estrutura do relacionamento ou da família mudará automaticamente. Portanto mudamos nossa situação principalmente mudando a nós mesmas.

21 de Agosto
         Infelizmente muitas de nós, preferimos o statu quo estagnante ao desafio de fazer mudanças que melhorariam a qualidade de nossa vida.
22 de Agosto
         Você deve reconhecer a possibilidade de que, quando parar de amar demais, seu relacionamento pode acabar.
23 de Agosto
         Algumas vezes o vazio será tão profundo que você quase será capaz de sentir o vento soprando no lugar em que deveria estar seu coração. Abrace o vazio e saiba que não será sempre assim e que, simplesmente se mantendo e se sentindo firme, você começará a se preencher com o calor da auto-aceitação.
24 de Agosto
         A vida melhora à medida que nos tornamos mais verdadeiras como nós mesmas.
25 de Agosto
         Na recuperação, conservar a postura torna-se uma prioridade maior do que provocar pena ou vingar-se.
26 de Agosto
         Um casamento que deveria ser a solução para problemas e dor antigos torna-se, freqüentemente, o maior e mais doloroso de todos os problemas.
27 de Agosto
         Se você é uma mulher machucada, pense em aplicar o conceito de dependência de relacionamento – com suas origens em traumas de infância e o impulso de corrigir antigos erros – a você e à sua condição. Agindo assim, você será capaz de começar a própria recuperação, em vez de esperar que seu parceiro mude.
28 de Agosto
         É por meio do perdão que aprendemos a lição para a qual nossa alma escolheu esta existência.
29 de Agosto
         A recuperação exige um bocado de tempo, trabalho e dedicação, mas continuar a amar demais custa muitíssimo mais.
30 de Agosto
         Num grupo de apoio no qual ninguém é especialista e todos são iguais, cada uma de nós torna-se responsável por encontrar as próprias verdades.
31 de Agosto
         Aprender interagir sexualmente com outra pessoa de modo íntimo, em vez de competitivo e essencialmente hostil, é uma tremenda façanha para muitas mulheres dependentes de relacionamento.

Do Livro Meditações para Mulheres que Amam Demais- Robin Norwood
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário